Ciência com Impacto Podcast

Podcast T3E4: Deborah Power - A Aquacultura do Futuro

April 28, 2021 Ciência Com Impacto Season 3 Episode 4
Ciência com Impacto Podcast
Podcast T3E4: Deborah Power - A Aquacultura do Futuro
Chapters
Ciência com Impacto Podcast
Podcast T3E4: Deborah Power - A Aquacultura do Futuro
Apr 28, 2021 Season 3 Episode 4
Ciência Com Impacto


As alterações climáticas e a urgência da descarbonização são o desafio do momento. Mas outro perigo agiganta-se no curto prazo: a população da Terra atingirá os 9,7 biliões de seres humanos daqui a 30 anos. Por isso, cientistas como Deborah Power começam a preparar as respostas à emergência alimentar que se avizinha.

O ano 2050 vem a caminho. E com ele um crescimento humano nunca registado no planeta: mais 26% em relação aos números atuais. E se o tema alimentar é já hoje um problema, com a deflorestação acelerada, a predação dos mares e as extinções em massa de espécies selvagens, em meados do século XXI, a situação será virtualmente incontrolável. A não ser que se comece agora a investigar e a encontrar soluções para o futuro. 

Foi essa a missão que Deborah Power, investigadora sénior do CCMar e professora na Universidade do Algarve, atribuiu a si própria. E a resposta que escolheu, para alimentar a humanidade, foi a aquacultura circular e sustentável.

Neste momento, está envolvida num grande projeto internacional que tem como espécies-alvo os robalos e as douradas. A sua tarefa principal é cuidar dos ovos e das larvas destes peixes – a matéria-prima de qualquer aquacultura e um dos pontos críticos das explorações comerciais. 

Mas Deborah Power gosta de olhar para a aquacultura de forma holística. O bem-estar animal, a qualidade dos produtos, a gestão de stocks, a viabilidade económica, a qualidade da água e os impactos no ambiente… tudo isto está a ser apurado para criar projetos altamente sustentáveis e com consequências mínimas para a Natureza.

Uma conversa a não perder.

Show Notes


As alterações climáticas e a urgência da descarbonização são o desafio do momento. Mas outro perigo agiganta-se no curto prazo: a população da Terra atingirá os 9,7 biliões de seres humanos daqui a 30 anos. Por isso, cientistas como Deborah Power começam a preparar as respostas à emergência alimentar que se avizinha.

O ano 2050 vem a caminho. E com ele um crescimento humano nunca registado no planeta: mais 26% em relação aos números atuais. E se o tema alimentar é já hoje um problema, com a deflorestação acelerada, a predação dos mares e as extinções em massa de espécies selvagens, em meados do século XXI, a situação será virtualmente incontrolável. A não ser que se comece agora a investigar e a encontrar soluções para o futuro. 

Foi essa a missão que Deborah Power, investigadora sénior do CCMar e professora na Universidade do Algarve, atribuiu a si própria. E a resposta que escolheu, para alimentar a humanidade, foi a aquacultura circular e sustentável.

Neste momento, está envolvida num grande projeto internacional que tem como espécies-alvo os robalos e as douradas. A sua tarefa principal é cuidar dos ovos e das larvas destes peixes – a matéria-prima de qualquer aquacultura e um dos pontos críticos das explorações comerciais. 

Mas Deborah Power gosta de olhar para a aquacultura de forma holística. O bem-estar animal, a qualidade dos produtos, a gestão de stocks, a viabilidade económica, a qualidade da água e os impactos no ambiente… tudo isto está a ser apurado para criar projetos altamente sustentáveis e com consequências mínimas para a Natureza.

Uma conversa a não perder.